SEMINÁRIO DE TURISMO APONTA CAMINHOS PARA A REGIÃO NOROESTE

postado em: Notícias | 0

Seminário sobre turismo apresenta ideias de desenvolvimento para o setor no noroeste de Minas, a partir de exemplos de sucesso de outras cidades do Brasil. O seminário, promovido pelo Sebrae, Amnor e Associação do Circuito Turístico do Noroeste das Gerais e Alto Paranaíba, foi realizado em Paracatu, nesta quinta-feira, 7 de dezembro, e reuniu agentes que estão envolvidos com a cadeia produtiva do turismo na região.

Participaram do evento os ex vice-prefeito de Gramado (RS), Luiz Antônio Barbacovi, que falou sobre o papel do poder público no desenvolvimento de um destino turístico de sucesso, o ex-prefeito de Santigo (RS), Júlio Ruivo, que abordou as políticas públicas de educação e cultura como base para o desenvolvimento turístico territorial, a técnica do Sebrae Minas, Alexandra Chitarra, que mostrou a importância da cooperação empresarial como estratégia para dinamizar a atividade turística regional, e a consultora Luciana Thomé, que destacou o mercado de turismo e as oportunidades para a região noroeste de Minas.

Esse tipo de seminário é muito importante para que os gestores locais possam conhecer casos de sucesso no país, como o de Tiradentes e das cidades gaúchas de Gramado e Santiago, no sentido de auxiliar os municípios no desenvolvimento do turismo no seu território” disse o gestor executivo da Associação do Circuito Turístico do Noroeste das Gerais e Alto Paranaíba, Igor Diniz.

Para a consultora Luciana Thomé, cada município deve buscar reforçar sua identidade, sua vocação turística, mas sem deixar de ter uma visão regional, com uma estratégia bem definida e orquestrada entre as cidades. “O caminho para o desenvolvimento do território deve-se apoiar em uma significativa qualificação das políticas públicas, na participação efetiva do setor privado e no engajamento da comunidade” disse.

Segundo ela, as três realidades apresentadas no seminário são bastante distintas, mas só deram certo porque houve uma grande vontade política dos gestores públicos, um setor privado que se apropriou da ideia e uma comunidade que dialogou com os demais.

É o exemplo da cidade de Santiago, no Rio Grande do Sul, conhecida como a Terra dos Poetas. De acordo com ex-prefeito, Júlio Ruivo, a dez anos o município iniciou um trabalho focado em transformar a cidade em um pólo turístico, resgatando a sua rica história literária. “O papel dos gestores municipais é fundamental. Eles têm que ser o carro-chefe, os proponentes, contudo é imprescindível a participação efetiva da sociedade, só assim haverá o empoderamento de todos” explica.

Atualmente, a cidade de Santiago possui uma das melhores qualidades de vida do estado, é reconhecida como Cidade Educadora pela Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), e está em pleno desenvolvimento turístico com inúmeros pontos de cultura espalhados pelo município.

 

Fonte: http://visiteparacatu.com.br/seminario-de-turismo-aponta-caminhos-para-regiao-noroeste/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *