O Circuito Turístico da Cachaça, lançado há apenas dois meses, reúne cinco municípios – Salinas, Taiobeiras, Rubelita, Fruta de Leite e Indaiabira – responsáveis pela produção de cerca de 70 rótulos da bebida tipicamente mineira, incluindo a Havana, considerada uma das melhores do mundo e que tem sua produção totalmente artesanal.

Durante todo o dia os visitantes puderam conversar com produtores e saborear os diferentes sabores da bebida que faz parte da cultura brasileira e é considerada patrimônio histórico e cultural do país. Entre uma dose ou outra também foi possível degustar do famoso doce de leite ou ainda dos vários tipos de queijo do Serro, cuja produção artesanal é considerada patrimônio imaterial do estado.

SALINAS – De acordo com a Associação de Produtores Artesanais de Cachaça de Salinas (APACS), somente a cidade de Salinas é responsável pela produção de cerca de 56 rótulos da bebida. Pela importância da cidade no cenário nacional, Salinas abriga um museu com 2.200 garrafas e 60 marcas produzidas.